27 março 2014

(Mais) Um dia triste

Ainda no outro dia, o João Vasco Lucas, por ocasião do dia do Pai, dizia o seguinte: "Esta é a grande vantagem de fazermos parte de um grupo de verdadeiros irmãos, os pais dos outros também são um bocadinho nossos! "


Serviu esta introdução para dizer, com grande tristeza que, hoje, vemos partir um dos nossos. Morreu o Manuel Rodrigues ("Manolo"), Pai do nosso António Rodrigues ("Espanhol").







Era um grande Homem, puro e com um coração enorme. Isso reflectiu-se na sua passagem como forcado do Grupo entre os finais da década de 70 e principio da década de 80, altura em que se evidenciou como ajuda de eleição (tal como o seu filho).


A sua amizade atravessa várias gerações do Grupo, mas para a nossa, tem um sabor especial. Sempre foi mais um "Pai" e fazia questão de evidenciar isso mesmo pela forma como nos recebeu durante anos a fio na sua casa, em Alcácer do Sal (em que eramos presença assídua nas feiras da Pimel e de Outubro), sem fazer qualquer tipo de  distinções para os seus filhos.

Estivemos bastantes anos sem pegar em Alcácer mas, o "Manolo" ainda teve o prazer de ver o seu Grupo voltar a pegar e a honrar a sua jaqueta na sua terra. Esse prazer e essa paixão, espelhava-se na forma empenhada como toda a Família - mas especialmente o "nosso" Manolo -  nos recebia.

A toda a Família enlutada, mas especialmente para a Senhora D. Maria Virginia, para a Fatinha e para o "Espanhol", deixamos aqui um abraço muito forte de força e coragem neste momento.

O Grupo de Forcados Amadores de Lisboa, associa-se à vossa dor e acompanha-vos em oração!



P.N     A.M

P.S. O velório será já hoje na capela, em Alcácer do Sal, perto do Talho pelas 14h e o enterro será amanhã pelas 10h30.

1 comentário:

rita disse...

Sentidas condolências a toda a família. Um abraço