26 julho 2007

II Corrida da Revista RUEDO IBÉRICO na praça de toiros de Moura

Dia 15 de Julho pelas 20 horas o grupo juntou-se, como já é habitual, para mais uma noite de toiros.

Desta vez a fardação foi no Hotel de Moura. A corrida era composta pelos cavaleiros Luis Rouxinol, Rui Fernades, Monica Serrano e Isabel Ramos. Os Forcados presentes eram o Grupo de Forcados Amadores de Lisboa, o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura e o Grupo de Forcados Amadores da Tertulia Tauromaquica Terceirense. Os oponentes eram do nosso amigo Gustavo Charrua.

Pelas 22:15 já se podia ler nas bilheteiras “Lotação Esgotada”, mais uma vez a empresa “Toiro Lindo” consegue triunfar ao esgotar mais uma casa, Parabéns! As bancadas estavam completamente à “Cunha” e, não havendo espaço para mais nada, dezenas de pessoas viram a corrida de pé. Estava um Ambientazo.

O nosso 1º toiro, apesar de bem apresentado revelou-se muito manso e encastado o que levantou muito problemas a Luis Rouxinol uma vez que não tinha uma investida franca para os cavalos e depois de sentir os ferros carregava com bastante violência.

Para este toiro foi escolhido o forcado António Correia de Campos, o nosso Tonan. Num toiro que não esperou pelo forcado da cara arrancando-se com muita pata, António fechou-se bem numa viagem com bastante velocidade e alguma dureza já perto das tábuas, com o toiro a querer sacudir o forcado. Foi bastante bem ajudado pelo 1ª ajuda João Mota Ferreira mas tambem não se pode retirar o mérito ao resto do grupo que esteve tambem muito bem a ajudar lá atrás. Na volta faltou “praça” ao nosso Tonan que fez uma pega triunfal.

O nosso 2º toiro calhou novamente ao cavaleiro de Pegões que após lhe ter sido prestada homenagem pelos seus 20 anos de alternativa com a praça cheia de pé a aplaudir, pôs a carne no assador, como se costuma dizer na gíria, tendo conseguido uma grande actuação.

Para este toiro mais colaborador que o nosso 1º foi para a cara o forcado Manuel Guerreiro, que após um brinde aos directores da revista RUEDO IBÉRICO citou com alma tendo o toiro respondido na investida para o forcado com a mesma alma.

Veio com pata com o grupo a deixar passar e, após vários derrotes, que o forcado não conseguiu aguentar também por falta de ajudas, acabou por saír tendo sido bastante massacrado no chão. Não virando as costas ao desafio o Manuel conseguiu pegar o toiro à 2ª tentativa ja um pouco combalido. Uma boa pega ao segundo intento.

Do Real Grupo de Moura pegaram Luis Monge à 1ª e Cláudio Pereira à 2ª, e no Grupo de Forcados Amadores da Tertulia Tauromaquica Terceirense João Pedro Ávila à 2ª e Mário Sousa à 1ª.

Por fim os prémios em disputa foram todos para o grupo da casa, Melhor pega Cláudio Pereira, Melhor 1ª ajuda Miguel Garcia e melhor rabejador Pedro Acabado. Na minha óptica o prémio da melhor pega deveria ter sido entregue ao António Correia de Campos ou mesmo ao Luis Monge de Moura.

Forte abraço a todos,

Francisco Mendonça Mira

2 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.